1-      O que são cefaléias primária e secundária?

Cefaléia primária – É uma dor de origem neurovascular, proveniente ou não de estruturas lesadas, não sendo secundária a outra condição dolorosa. Possuem fisiopatologias próprias frequentemente associadas com sinais autonômicos. Ex: migrânea, hemicrânia paroxística crônica e cefaléia tensional.

Cefaléia secundária – Sendo do tipo secundária, a maioria de tais cefaléias não são uma preocupação pela dor em si e sim como fontes primárias de dor somática profunda que as iniciam.

2-      Descreva as características clinicas da migrânea

O surgimento da dor é em geral gradual, vai a um máximo e depois começa a reduzir. O episódio doloroso geralmente dura de 4 a 72 horas em adultos e de 2 a 4 horas em crianças. A dor pode variar muito desde leve até muito intensa. Quando leve a dor pode ser constante, descrita como uma faixa apertada na cabeça. Quando severa a dor é relatada como pulsátil que pode se mover de um lado para outro da cabeça e até mesmo se irradiar para baixo pelo pescoço e ombro.

3-      Descreva as características clínicas da hemicrania paroxística

Semelhante às da cefaléia em salva. Caracterizada por dor unilateral, severa com frequência, temos rinorréia e obstrução nasal ipsilateral, juntamente com lacrimejamento e eritema da conjuntiva. Uma transpiração da fronte pode também estar associada a dor severa. Uma aura é raramente presente tanto na hemicrania quanto na cefaleia em salva que é mais comum em mulheres e sua duração é curta. Localizada em geral na têmpora, na fronte, nos olhos e nas áreas peri auricular e ocasionalmente na região occipital. A dor pode ser muito severa e descrita como uma dor perfurante, incomoda e semelhante a unhadas. Na fase inicial a dor é pulsante.

4-      O que é arterite temporal?

O termo arterite craniana sugere que é uma artéria na região craniana que se inflama. A artéria mais comumente envolvida é a artéria temporal, a qual é, portanto denominada arterite temporal ou arterite das células gigantes ou ainda polimialgia reumática. A dor é frequentemente latejante e moderada, ela pode ser sentida superficialmente como dor em queimação com característica lancinante sobreposta.

5-      O que é carotidinea?

A carotidinia é uma condição dolorosa que surge da artéria carótida cervical, resultando em dor cervical unilateral que com frequência irradia-se para região ipsilateral da face e ouvido e algumas vezes para a cabeça. A dor originada da artéria carótida é frequentemente referida para o olho, à porção profunda da região malar, e disseminada para trás em direção à orelha. A pressão sobre a artéria carótida dolorida frequentemente elevara este padrão doloroso referido.

 

ENVIE UMA RESPOSTA