Conceito: remoção de tecido vivo para analise laboratorial.

Indicações: verificação da extensão da lesão, diagnósticos de doenças, lesões patológicas, lesões brancas ou lesões que não regridem em duas semanas ou com edema persistente.

Contra Indicações: lesões enegrecidas ou pigmentadas ou em hemangiona ( lesão vascular com comprometimento intra-ósseo ).

Causas de erro: uso de substâncias antissépticas corantes, introdução de agente anestésico sobre a lesão, tamanho do material coletado e manipulação inadequada da peça.

Obs:

  • O material coletado deve ter uma margem de segurança de 1 cm em todo o corte.
  • A peça coletada deve ser fixada em Formalina à 10%.
  • Lesões que englobam o dente tem grande probabilidade de serem malignas.

TIPOS DE BIÓPSIA:

biopsia excisional Biópsia Excisional: 

  • Remoção total da lesão.
  • Depende do tamanho, localização e inserção da lesão.
  • Lesões pequenas de até 2 cm.
  • Mucosa jugal e gengival, palato e língua.

 

 

biopsia incisionalBiópsia incisional:

  • Remoção de apenas uma parte da lesão.
  • Lesões maiores de 2 cm.
  • Lesão de localização difícil, como palato mole e assoalho bucal.
  • Lesões sésseis.

 

 

[author image=”https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/923450_510039732388438_451576990_n.jpg” ]Fernanda T. Zamboni, 22 anos. Acadêmica do curso de Odontologia da Universidade Positivo – Curitiba – PR[/author]

ENVIE UMA RESPOSTA