Os exercícios a seguir ressaltam a importância do uso de cariostáticos.

 

1. O que é uma substância cariostática? Cite um exemplo.

2. Quais os mecanismos de ação dos cariostáticos?

3. Descreva a sequencia técnica (passo a passo) para aplicação do cariostático.

4. O tratamento odontológico infantil dos portadores de cárie de acometimento precoce, principalmente nos primeiros anos de vida pode representar um quadro extremamente difícil. Qual conduta deve ser feita pelo profissional habilitado?


 

Respostas

 

Questão 1. 

Age tanto em cáries incipientes como avançadas de dentes decíduos ou de permanentes jovens; ação anti cariogênica (agindo sobre o S. mutans, impedindo sua aderência e posterior colonização, diminuindo a população de microrganismos, como também a produção de ácidos por eles);

Um dos agentes de controle que tem se mostrado eficaz é o diamino fluoreto de prata, produto com propriedades preventivas e cariostáticas. Ele já foi bastante utilizado na prevenção de cárie em sulcos e fissuras.

Questão 2. 

Esta propriedade antimicrobiana se explica por meio de sua ação oligodinâmica, ou seja, mesmo em baixas concentrações é mantido um equilíbrio protoplasmático. Ele também possui uma ação antisséptica e adstringente, que pode ser utilizada em tratamentos de estomatites, gengivites e periodontites.

Os produtos resultantes da aplicação do diamino fluoreto de prata são: fluoreto de cálcio, fosfato de prata e proteinato de prata, os quais são menos solúveis

Questão 3. 

Segundo Guedes-Pinto e Issáo (1999), antes da aplicação do diamino fluoreto de prata, deve-se informar os responsáveis que na região em que o processo da cárie estiver presente, ocorrerá o escurecimento.Eles preconizam a técnica de aplicação citada abaixo:

  1. Profilaxia com pedra-pomes e água;
  2. Remoção da dentina amolecida com curetas;
  3. Lavagem e secagem;
  4. Proteção dos tecidos moles com vaselina ou manteiga de cacau;
  5. Isolamento relativo e secagem do campo operatório;
  6. Aplicação com bolinha de algodão ou cotonete umedecido, por 3 minutos.

Caso ocorra contato desta substância com tecido mole, por exemplo, a gengiva, formando uma área esbranquiçada, deve-se neutralizar a ação do diamino com solução salina a 3%. Para melhor eficácia no tratamento as reaplicações devem ser feitas trimestralmente, maximizando assim a ação cariostática da solução. Além disso, o controle do processo carioso deve ser realizado de seis em seis meses (Massao et al., 1998; Rocha et al., 1999).

Questão 4. 

Nesses casos, o profissional deve levar em consideração os materiais odontológicos que apresentem uma alta eficiência com simplicidade de aplicação. O diamino fluoreto de prata preenche esses requisitos, além de apresentar um baixo custo, razão pela qual é indicado como opção no controle da cárie em saúde pública.

As desvantagens podem ser contornadas informando-se aos pais sobre o aspecto enegrecido dos dentes, como uma situação provisória, pois no futuro a adoção de um tratamento reabilitador pode restabelecer a estética. Deve-se ressaltar que o aspecto antiestético não tem grande significado, considerando que a criança tem sua sensibilidade diminuída e a doença controlada.

Vantagens: pesquisadores comprovaram a sua biocompatibilidade, ausência de citotoxicidade, efeitos hemostáticose e antimicrobiano.

ENVIE UMA RESPOSTA