→ Quando o Sistema Imunológico é induzido a atacar o próprio organismo
→ Resposta imunológica contra os próprios tecidos do corpo
→ Iniciam ou mantêm processo inflamatório

Processo Inflamatório

  • Crônico
  • Capacidade de reparo menor que a velocidade de destruição tecidual
  • Grave se o tecido alvo estiver envolvido em funções essenciais

Doenças Auto-imunes

Resposta Imune Humoral (mediada por Linfócitos B)

Resposta Imune Celular (mediada por Linfócitos T)

Auto-tolerâncias

LT e LB não devem reconhecer antígenos próprios

Falhas no mecanismo de auto-tolerância levam a auto-imunidade

Exemplo de Doenças auto-imunes

Anemia Hemolítica

(Destruição das hemácias)

Antígeno:
Aglutinogênio Rh

Anticorpo:
Opsonização e fagocitose

Quando as hemácias caem na corrente sanguínea
são atacadas pelos anticorpos produzidos pelos LB

Pênfigo Vulgar ou Fogo Selvagem

(Manchas e ulceração na pele)

Antígeno:
proteínas epidérmicas intercelulares

Anticorpo:
ativam proteases

Rupturas das adesões intercelulares
(desmogleínas)

Lupos Eritematoso Sistêmico

Antígeno: DNA e nucleoproteínas

Sistema complemento ativa inflamação

→ Nefrite, Artrite e Vaseulite

Diabetes Insulino-resistente

Antígeno: receptor de insulina

Anticorpos: impede a ligação da insulina

Hiperglicemia

Diabetes Insulino-dependente

Antígeno: células das ilhotas

Linfócito T: ação obscura

Destruição das ilhotas

Febre Reumática

(Doença caracterizada por sistema imunológico atacando o corpo. Anticorpos confundem Estreptococos e atacam os músculos cardíacos)

Antígeno: parede celular de Estreptococos

Reação cruzada com miocárdio

Miocardite e Artrite

Tratamento das auto-imunidades

→ Imunossupressão

→ Controle da Inflamação

ENVIE UMA RESPOSTA