Instrumentos Endodônticos

Instrumentos Endodônticos

0 81

[box]Os instrumentos endodônticos são classificados de acordo com a sua flexibilidade, guia de penetração e secção transversal. Suas partes constituintes são, basicamente, cabo, intermediário (cujo tamanho é variável) e parte ativa (cujo tamanho é sempre de 16 mm) Assim, a parte ativa vai do diâmetro 0 até o diâmetro 16.[/box]

Temos:

Extirpa-nervos: são instrumentos com ganchos, utilizados para a remoção da polpa (exérese).  O instrumento entra solto, faz rotação 360º e sai.

Alargadorea: são utilizados para alargar o canal. Possuem secção triangular ou quadrangular, e espirais de passos longos,

–  Limas: são os instrumentos mais utilizados dentro da endodontia. Sua conicidade ou taper é de 0,02mm. O número de identificação da lima corresponde ao diâmetro da sua ponta (D0). São geralmente feitos de aço inoxidável. Há uma série, entretanto, que os fabrica através de níquel e titânio, conferindo uma flexibilidade e resistência excepcional. Estes instrumentos, geralmente utilizados em canais atrésicos e curvos, possuem memória elástica.São produzidos por um processo de usinagem, ao invés de torção, como nas limas comuns. Podem ser do tipo:

Kerr (K)

Secção: triangular ou quadrangular

Cabo: quadrado vazio

Cinemática: ½ ou ¼ de volta no sentido horário. Remoção com tração lateral.

Guia: ativa

Espiralização:  passos curtos

Hedströen (H)

Secção: vírgula

Cabo: círculo vazio

Cinemática: introdução, pressão e remoção, SEM rotação

Guia: inativa

Espiralização:  cones sobrepostos

Características: bom parar retratamentos

K- Flexofile

Secção: triangular ou quadrangular

Cabo: quadrado cheio

Cinemática: igual às K

Guia: inativa

Espiralização: mais números de espirais

Níquel e Titânio

Secção:

Cabo: quadrado meio cheio,meio vazio.

Cinemática: igual a K

Guia: inativa

Espiralização: usinagem

Características: muito flexíveis.

Séries

Cor 1ª série 2ª serie

3ª série

Rosa 06
Cinza 08
Roxo 10
Branco 15 45 90
Amarelo 20 50 100
Vermelho 25 55 110
Azul 30 60 120
Verde 35 70 130
Preto 40 80 140

 

[box]Gates- Glidden: são instrumentos rotatórios, utilizados principalmente no preparo do terço cervical e médio. È composta por engate, cabo, rio de concordância e ponta ativa , em formato de chama. A Gates 1 corresponde a uma lima número 50, aumentando para cada Gates 0,20mm.[/box]

Sistema Pro-taper

  • Instrumento de Ni-Ti
  • Flexibilidade
  • Ponta inativa
  • 360 graus
  • Preparos coroa-ápice
  • Apresenta conicidade variável

– Utilizar 5 vezes em molares

– Nos demais dentes utilizar de 5 a 10 vezes

– Limas S: shaping files

– Limas F: finishing (acabamento)

– S1 – F2 : secção transversal convexa, conferindo resistência

– F3 – F5: secção transversal côncava, flexibilidade
Sequência para Protaper

1)  Rx: CTex = CAD- 2mmm

2) Exploração com #10

3) Sx calibrada dependendo da limitação. Até encontrar resistência

– insere desligada, trabalha com pincelamento, daí vai para apical até achar resistência

4) Odontometria: Ct= CRD-1mm

5) S1 (roxa) tem que atingir o CT

6) S2 (branca) até CT

7) F1 (amarela) até o CT com movimentod de bicadas (de 1 a 3)

8 ) F2 ( vermelha) até o CT

9) F3 (azul) até o CT

* F4 e F5 são utilizadas em canais mais amplos

 

[author image=”https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/486052_4576189795142_2075189094_n.jpg” ]Jefferson P. Oliveira, 24 anos. Acadêmico do curso de Odontologia da Universidade Positivo, Curitiba – PR [/author]

ARTIGOS SIMILARES

2 38

0 38

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe um comentário