A gengiva quando não está no seu estado total de saúde, pode apresentar uma doença primária chamada de Gengivite, doença essa causada por microrganismos que fazem com que o tecido vivo tenha uma reação.

Gengivite

  • Resposta forte a uma agressão microbiana (Biofilme);
  • Reação do tecido vivo vascularizado a uma agressão bucal;

Gengiva saudável

  • Consistência Firme;
  • Contorno festonado e aderente do dente;
  • Papila interdental firme – sem sangramento;
  • Coloração rósea (Casca de laranja).

Gengiva doente

  • Flácida;
  • Limites indefinidos;
  • Edema e sangramento.

* Inflamação é uma reação do tecido vascularizado

> Químico, físico e biológico.

Aspectos microscópicos de uma gengiva inflamada

1- Alteração microcirculação (vasos)

  • Dilatação arteríolos = sangramento;
  • ­ permeabilidade de vasos = calor;
  • Extravasamento de fluidos = edema;
  • Migração de células do sistema Imune.

2- Liberação de mediadores da inflamação

  • Histaminas (­ dilatação de vasos);
  • Cininas (­ permeabilidade vasos);
  • Prostaglandinas (dor e inflamação);
  • Migração de mais células de defesa.

3 – Sinais contínuos da inflamação

  • Calor;
  • Rubor;
  • Edema;
  • Dor;
  • Perda da função.

Inflamação aguda

> Menor duração;
> Exsudação de PTN plasmático;
> Neutrófilos.

Resumo baseado na aula do Prof. João Armando Brancher
Contribuição: Leonardo Martins Sant’Anna

ENVIE UMA RESPOSTA