Para entender o comportamento e organização dos tecidos sob uma visão histológica, é necessário saber suas classificações:

Tecido vivo: 

– Tecidos simples

  • Agrupamentos celulares com 1 único tipo celular.

– Tecidos compostos

  • Vários agrupamentos de células diferentes.

1- Tecidos epiteliais

  • Célula de revestimento e glanulares;
  • Células unidas (gengiva) sem matriz extracelular.

 2 – Tecidos conjuntivos

  • Células produtoras de matriz extracelular com função de conectar, preencher.

3 – Tecidos musculares

  • Células contráteis.

 4 – Tecidos nervosos

  • Células dos nervos, medula espinhal e cérebro. [divider]

Histologia do periodonto

Mucosa – todo revestimento epitelial úmido.

Junção mucogengival

  • Separa a parte clara/escura;
  • Camadas da mucosa:

1 – Germinativa;
2 – Espinhosa;
3 – Granulada;
4 – Queratinizada.

Capilar periodontal

Vazo sanguíneo muito pequeno.

Regeneração periodontal

  • Fatores envolvidos – Sinais reguladores, células precursoras e matriz extracelular;
  • Ligamento periodontal e osso alveolar – Fonte celular.

Epitélio de revestimento ou de proteção

  • Células justapostos
  • Revestimento externo:

– Função (de acordo com o local)
– Proteção – Choque mec, agentes patogênicos;
– Impermeabilização – revestimento externo e cavidades;
– Absorção de alimentos e reabsorção de água – tubo digestório e geniturinário;
– Troca gasosa – Sistema respiratório (alvéolos pulmonares).

Junções celulares – coesão

1 – Oclusão: Impermeabilidade;
2 – Ancoragem: Dismossomos;
3 – Comunicantes: Espaço.

Epitélio de revestimento

Classificação camadas

  • Simples – Uma camada celular;
  • Estratificado – Várias camadas. Na traqueia encontramos um tecido;
  • Pseudo-estratificado – Células em única camada com núcleo.

Tecido epitelial de revestimento, pseudo-estratificado cilíndrico, ciliadas, caliciformes – traqueia

Camada mucosa

 1 – Camada basal (germinativa);
2 – Camada espinhosa;
3 – Camada granulosa (queratina);
4 – Camada queratinizada.

Tecido granular salivar

  • Epitelial;
  • Conjuntivo;
  • Muscular;

Epitélio granular ou secretor

  • Proteínas – Núcleo grande e RE granular abundante dipólise;
  • Esteroides – RE: lipoesterio codrinal, óvulos, testículos e ovário;
  • Muco – Golgi desenvolvido: GE salivar;
  • Transporte de íons – Muitas mitocôndrias e grande área de superfície: GE salivar.

Exócrino – está sendo enviado pro meio externo;
Endócrino – Quando a secreção vai para a corrente sanguínea.

Glândulas salivares

  • Menores – (língua e palato) mucosa + glicoproteína, gel lubrificante.
  • Maiores – (sublinguais mistas, submandibulares mistas e paroteolos nervosas mista, mucosa e serosa – enzimas);

Saliva

  • Proteção – ajuda a lubrificar o tecido da boca e da impermeabilização;
  • Forma uma película sobre os dentes e a gengiva;
  • Tamponamento – manutenção de pH. [divider]

Autor:

jeff

 

 

Jefferson P. Oliveira, 24 anos. Acadêmico do 5º ano do  curso
de Odontologia da Universidade Positivo, Curitiba – PR

 

ENVIE UMA RESPOSTA