Para um correto planejamento cirúrgico, o cirurgião-dentista deve estar atento a todos os detalhes relacionados a saúde e bem-estar do paciente, com o domínio anatômico e das técnicas a serem utilizadas para o sucesso do procedimento.

Dados do Paciente:

Continua depois do anúncio

 Nome:
 Idade:      Sexo:
 Endereço:
 Telefone: Profissão:

 

Observações: (Descrever o estado de saúde do paciente, cirurgias anteriores, uso de medicamentos, se é alérgico a medicamentos/alimentos e sobre doenças sistêmicas).

Aferição dos Sinais Vitais

– Aferição dos sinais vitais na triagem dia: xx/xx/xxxx

  • Pressão Arterial (PA): 
  • Frequência Cardíaca (FC):
  • Frequência Respiratória (FR):

Exames complementares pré-operatórios 

Radiografias: descrição de lesões, posição dos dentes, anatomia das raízes.

Passos Operatórios

Antissepsia do paciente:

  • Extraoral: (descrever)
  • Intraoral: (descrever)

Remoção de sutura: caso tenha sido realizada cirurgia anteriormente.

Anestesia: 

  • Técnica: nome da técnica e nervos anestesiados 
  • Sal anestésico/concentração:
  • vasoconstritor/concentração:

Técnica Cirúrgica:

Descrever a sequência da técnica: ex.: sindesmotomia, Técnica I, Técnica II, Técnica III, etc…)

Preparo do alvéolo: regularização das espículas ósseas e curetagem do alvéolo do dente extraído, Manobra de Chompret.

Sutura:

  • Tipo de fio:
  •  Tipo de ponto:
  • Data da remoção:

Recomendações pós-operatórias: de acordo com o procedimento

Prescrições: podem variar de acordo com a técnica utilizada e tempo operatório.

Fábio Gemra. Acadêmico do 3º ano do curso de Odontologia da Universidade Positivo, Curitiba – PR

ENVIE UMA RESPOSTA