Lipídios são biomoléculas (gorduras) cujas unidades estruturais são ácidos graxos, os mesmos são ácidos monocarboxílicos com cadeias de 4 até 36 carbonos. Essa cadeia carbônica é Hidrofóbica e não tem carga, já a carboxila presente é Hidrofílica e tem carga. São insolúveis em água porém solúveis em detergentes orgânicos, como por exemplo a Bile. O alto consumo de gorduras pode resultar em patologias como a Aterosclerose, que é a obstrução de veias sanguíneas causada por ateroma (substâncias gordas). As gorduras saturadas são consideradas pró-aterogênicas. Outras doenças são obesidade, diabetes e dislepidemias (hipercolesterolemia e hipertrigliciridemia) . Como funções os lipídios têm a absorção de vitaminas e transporte das mesmas, são precursores de hormônios, transportam moléculas, formam as membranas biológicas, atuam como cofatores enzimáticos, reservam energia, isolamento térmico, proteção de órgãos vitais e também aumenta a palatabilidade dos alimentos. A absorção e Digestão da gordura acontece no intestino, com a liberação da bile que realiza a emulsificação. Antes de serem absorvidos, os lipídios são agrupados em micelas mistas (lipídios + vitaminas) e a absorção ocorre por difusão, sem gasto de energia e as vitaminas K,A,D e E são lançadas no sangue.

A cadeia Saturada só apresenta ligações simples entre carbonos, é considerada a “gordura ruim”. Encontramos a mesma em alimentos como ovos, chocolates e óleo de côco. A cadeia Insaturada possui dupla ou tripla  ligação, é considerada Cardioprotetora e é encontrada no óleo de peixe, nozes e óleos vegetais.

Os lipídios são classificados em Lipídios de Armazenamento e Lipídios de Membrana (Colesterol = precursor da testosterona do estrogênio, fosfolipídios, esfingolipídios). Os lipídios de armazenamento reservam energia, os triglicerídeos são um exemplo. O fígado tem capacidade limitada para armazenar gordura, pois a alta concentração de gordura nesse órgão resulta em Esteatose (Cirrose). A alta concentração de Etanol pode resultar na produção de energia,triglicerídeos, juntando os C dos etanóis.

Bicamada = sobreposição de duas camadas lipídicas, e possuem função de permeabilidade seletiva, membranas celulares são exemplo.

Micela = estrutura lipídica cujo centro é Hidrofóbico. Maneira adequada para transporte de gorduras no sangue (lipoproteínas).

Existem 4 lipoproteínas em nosso organismo, com a função de transportar gorduras no corpo, são elas: Quilomicra, HDL (high density lipoprotein), LDL (low density lipoprotein) e VLDL (very low density lipoprotein).

Quilomicra = produzida no intestino e tem como função transportar as gorduras absorvidas no intestino para os tecidos Hepático, Adiposo e Muscular, é composta por proteínas E e C. A enzima que reconhece a vitamina C e destrói a quilomicra, é a lipase de lipoproteínas. As quilomicras remanescentes devem ser removidas da circulação pelo fígado.

VLDL = lipoproteína de muita baixa densidade e grande volume, produzida no fígado e cuja função é transportar gordura para os tecidos extra-hepáticos. Composta por proteínas B e C. No momento em que perde triglicerídeos e a proteína C pela ação da enzima lipase de lipoproteína, ela passa a se chamar LDL.

LDL = “colesterol RUIM”.  Lipoproteína de baixa densidade produzida no sangue a partir da ação da lipase de lipoproteína sobre a VLDL. É rica em colesterol porque perdeu triglicerídeos e a proteína B é quem reconhece receptores nas superfícies celulares, locais onde a LDL é internalizada.

HDL = “Colesterol BOM”. Lipoproteína de alta densidade. É produzida no fígado e sua função é captar lipídios no sangue e levá-los de volta para o fígado, transporte reverso ao do colesterol. Composta pela proteína A.

Observação: Um exame sanguíneo de uma pessoa saudável deve apresentar o padrão de baixa LDL, baixa VLDL e alta HDL

Fonte da Imagem em destaque: https://cardiologydoc.wordpress.com/2012/05/

[author image=] Tangreyse de Luca Moraes, 18 anos. Acadêmica do curso de Odontologia da Universidade Positivo, Curitiba – PR [/author]

ENVIE UMA RESPOSTA