Imunidade inata

  • Resposta imunológica que já possuímos;
  • Resposta imune natural ou inespecífica;
  • Características – simples (eficaz)
    impede a instalação ou destrói os patógenos.

A imunidade inata possuí barreiras de defesa

  • Físicos – pele e mucosa;
  • Bioquímicos – pH estomacal (HCl)
  • Fagocitose – as células fagócitos são neutrófilos, monócitos / macrófagos.
  • Sistema complemento

imune 1

  • Inflamação – rubor, calor, dor inchaço, edema, perda disfunção. Série de reações fisiológicas.

 

imune 2

Vaso dilatação – ajuda no desencadeamento das reações imunológicas

Células fagócitos

Neutrófilos

  • Glóbulos brancos mais abundantes do corpo humano
  • Vida curta;
  • Também são chamados de leucócitos PMN (polimorfonuclear);
  • Células circulantes;
  • Estão associados a inflamação aguda.

4 a 5 milhões de hemácias

20000 leucócitos, 60-70% dos glóbulos brancos

Macrófagos

  • Tem vida longa;
  • Macrófagos migratórios / circulantes;
  • Macrófagos fixos.

Fagocitose

  1. Quimiotaxia;
  2. Adesão;
  3. Ingestão;
  4. Digestão.

imune 3

Imunidade adquirida

  • Não a possuímos quando nascemos;
  • Detecta patógenos;
  • Linfócitos – T e B detectam e atacam antígenos (qualquer corpo estranho).
  • Resposta complexa;
  • Identificar agentes patogênicos (espionagem);
  • Memoria imunológica;
  • Linfoide – linfócitos B e T desenvolvem célula de memória imunológica.

Resposta imune

Resposta imune primária

  • Reação do sistema imune 1° contato com um agente especifico;
  • Reação lenta e com baixa intensidade;
  • Resposta imune do organismo.

Resposta imune secundária

  • Novo contato com o antígeno;
  • Resposta imune rápida e de grande intensidade.

Imunização – vacinação

  • Microrganismos mortos;
  • Microrganismo atenuados – cepas menos virulentas. Ex.: BCG para tuberculose (Mycobacterium tuberculosis);
  • Engenharia genética – Engerix-B.

Resumo baseado na aula do Prof. Átila, Universidade Positivo
Contribuição: Leonardo Martins Sant’Anna

ENVIE UMA RESPOSTA